Mudança de função

O que é o exame de mudança de função?

O exame de mudança de função é realizado sempre que forem realizadas alterações no posto de trabalho, setor ou atividades executadas por um trabalhador que impliquem na exposição a riscos diferentes daqueles aos quais estava exposto anteriormente, evitando assim eventuais problemas de saúde.

É realizada uma série de perguntas com o intuito de conhecer o histórico médico do paciente e avaliar se possui aptidão necessária para exercer a nova função e se não trará danos à sua condição física e mental. Em seguida, é feita a medição da pressão arterial e batimentos cardíacos. Avaliações complementares também podem ser realizadas conforme os novos riscos aos quais estará exposto.

Esse exame deve ser feito sempre que houver uma mudança de função, obrigatoriamente antes da data da mudança.

 

Esse exame não exige nenhum preparo especial, porém é recomendado evitar ingerir bebidas alcóolicas ou fumar no dia anterior ao exame.

Os exames complementares que serão realizados dependerão dos novos riscos ocupacionais, sejam eles biológicos, físico ou químicos, aos quais o trabalhador estará exposto.

 

Os custos referentes ao exame de mudança de função são de total responsabilidade do empregador.

O trabalhador pode ser considerado apto ou inapto para a mudança de função de acordo com o resultado dos exames. Caso não apresente nenhum problema de saúde que o impeça de realizar a mudança, é considerado apto. Já em caso de detecção de algum problema que possa trazer danos à sua saúde, é considerado inapto e a mudança não deve continuar.