Informativo
Prefeitura de São Paulo libera a reabertura do comércio de rua e imobiliárias
Apesar de estarem liberados para reabrir, comércios de rua e imobiliárias deverão seguir protocolos sanitários para garantir que a retomada seja feita de forma segura.

 

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou na noite de terça-feira (9) a liberação da reabertura do comércio de rua e imobiliárias a partir desta quarta-feira (10), enquanto shopping centers deverão ser liberados na quinta-feira.

A iniciativa faz parte da fase 2 do Plano São Paulo, estratégia elaborada pelo Governo de São Paulo para combater o COVID-19 e que também engloba a retomada gradual das atividades econômicas, priorizando setores específicos com base na sua vulnerabilidade econômica e empregatícia.

Em parceria com as entidades representantes de cada setor, a Prefeitura elaborou protocolos sanitários que deverão ser seguidos para que a retomada seja feita de forma segura.

Está prevista a adoção de medidas de distanciamento social, higienização, sanitização de ambientes, orientação dos clientes e dos colaboradores e medição de temperatura dos clientes. Vale destacar também a recomendação para testagem dos colaboradores e a redução do expediente, que limita o tempo de funcionamento diário do atendimento ao público ao máximo de 4 horas.

A portaria com todos os protocolos sanitários pode ser acessada na página 8 do Diário Oficial da quarta-feira (10/06).

 

Leia também

Informativo

MP 927, que flexibiliza regras trabalhistas durante a pandemia, perde a validade: o que muda para o empregador?

Informativo

Bares, restaurantes, salões de beleza e academias voltam a funcionar a partir desta segunda em São Paulo

Informativo

São Paulo e outras 14 cidades poderão reabrir restaurantes, bares e salões de beleza

Informativo

MPT diz que portaria do Governo contra COVID-19 em frigoríficos é ineficaz e contraria orientações da OMS